Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Combate ao Abuso e Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes: teatros com o tema foram apresentados para os alunos.

Publicado em 09/06/2022 às 18:18 - Atualizado em 09/06/2022 às 18:21

Com o tema “Combate ao Abuso e Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes”, a companhia de teatro “Láparo Produções” trouxe para os alunos do 1º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio, as peças “Quando o Segredo Gritar” e “No Meu Corpo Não!”.

Promovido pela Secretaria de Assistência Social, juntamente com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e dos Adolescentes (CMDCA), as apresentações teatrais foram realizadas nos dias 07, 08 no Salão Paroquial São Sebastião, e no dia 09 de junho nas localidades de Rio Pratinha e Nova Cultura.

Para o Secretário de Assistência Social, Moisés Passos, é de fundamental importância abordar este tema, principalmente entre os mais vulneráveis. “A intenção de levantar esta pauta de forma lúdica, com o teatro, é de conversar sobre o assunto de forma mais objetiva e de acordo com cada faixa etária, assim como os atores fazem durante a apresentação. Caso haja uma criança que passe por determinadas situações entre os demais, ela saberá identificar e relatar para alguém de confiança e até mesmo denunciar tais abusos”. Comentou o Secretário.

 

Sobre as peças:

 

 

NO MEU CORPO NÃO! 

 

No Meu Corpo Não é um espetáculo infantil interativo com a plateia, que aborda de forma lúdica e silenciosa o abuso infantil.

Um personagem clownesco encontra uma flor murcha e solitária. Com pena da florzinha, ele faz de tudo para animá-la. Brinca de roda, joga água nas pétalas, passeia, vai à sorveteria, ao cinema, ao parque de diversão, até deixa-lá feliz e viçosa.

Mas, quando a flor retorna para casa, o seu cuidador brinca com ela de forma estranha. Toca em locais que a deixa sentindo-se mal, pede segredo e ameaça lhe arrancar as pétalas, se ela contar para alguém.
Após o espetáculo acontece uma conversa com as crianças, professores e profissionais presentes sobre as cenas do espetáculo e atitudes que devem ser tomadas quando uma criança ficar confusa com determinados toques no seu corpo.

​"No Meu Corpo Não!" é um espetáculo de teatro mudo e interativo.

Embora direcionada a crianças até o quarto ano das séries iniciais, a peça conquista a empatia de crianças pequenas com dois ou três anos de idade, de crianças maiores e também dos adultos, talvez pela fantasia que atinge o imaginário da plateia ao ver o Palhaço Tintino, com tanta ingenuidade e simpatia, fazendo estrepolias para alegrar a bonequinha e sua flor.

Sem o personagem pronunciar nenhuma palavra, quem protagoniza são as crianças, que às vezes dão gargalhadas, noutras xingam e finalmente, vibram com a volta da alegria à bonequinha e sua flor.

 

 

QUANDO O SEGREDO GRITAR - Um grito de alerta sobre o abuso sexual infantil.

 

Para que o segredo de cada vítima possa gritar e o eco ressoe nas mentes pensantes. 

Maninha não queria dormir em seu quarto porque toda noite sonhava com o um homenzarrão que queria lhe pegar. Em seus pesadelos aparecia um segredo querendo gritar, mas sempre vinha a culpa e lhe fazia acordar. Um dia, Maninha saiu correndo, disposta a nunca mais voltar.

Baseado em documentários sobre abuso sexual, a peça conta a história de uma menina que é abusada por um familiar e não sabe como procurar ajuda. Sentimentos de culpa e de medo geram problemas psicológicos tornando insuportável a vida dentro de casa. Até que um dia, em uma de suas crises, ela saiu correndo, disposta a nunca mais voltar. De posse dos trabalhos de Maninha, a professora encontra desenhos que poderão fazer esse segredo gritar.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar