---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Servidores do CAPS participam do II Congresso Nacional Ouvidores de Vozes na Saúde Mental.

Publicado em 03/10/2018 às 10:03 - Atualizado em 03/10/2018 às 10:24

Focadas em oferecer sempre mais qualidade no atendimento prestado aos pacientes do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) de Papanduva, entre os dias 20 e 22 de setembro duas servidoras da instituição participaram do II Congresso Nacional Ouvidores de Vozes na Saúde Mental, realizado em Curitiba-PR.

O Fórum teve como objetivo discutir sobre a teoria e a prática de ouvir vozes, através do compartilhamento de conhecimento e experiências de pessoas que vivem ou viveram em primeira pessoa ou de forma muito próxima, os desafios do sofrimento psíquico e sua superação.

Além disso, durante o encontro foi discutida a Gestão Autônoma da Medicação. Uma abordagem inovadora desenvolvida em parceria com usuários que fazem uso de medicação, visando uma melhora no bem-estar e na qualidade de vida, criando oportunidades de expressão, diálogo e apoio entre as pessoas, os profissionais e seus próximos.

Segundo a Secretaria da Saúde, os conhecimentos obtidos pelas congressistas darão embasamento para atendimento de casos em que os pacientes “ouvem vozes”, bem comuns entre alguns pacientes que procuram o CAPS. A abertura de espaços de diálogo, onde o paciente expresse em detalhes suas experiências é o primeiro passo para aceitação ou compreensão, ou ainda para o início de um tratamento.

Ainda segundo os especialistas do congresso, em torno de 2% a 4% da população mundial ouvem vozes. 66% das pessoas que ouvem vozes não necessitam de atendimento psiquiátrico, são bastante saudáveis e conseguem lidar muito bem com a situação.

 

        

 


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar